fbpx

1 – Tipo de fermento errado ou uso errado

É possível escolher entre dois tipos de fermento biológico: o seco e o fresco. O fermento fresco, normalmente encontrado na forma de tabletes, possui maior umidade que o seco, mas tem a durabilidade menor e é cerca de 60% menos efetivo. A diferença entre os dois basicamente é a textura da massa.

Ambos podem ser substituídos pelo outro na hora de fazer seu pão, se atentando à quantidade necessária, que muda de para cada tipo de fermento. O fermento biológico exige quantidade maior do que o seco.

2 – Misturar sal com o fermento biológico
É necessário adicionar sal massa, mesmo as doces. O sal inibe a ação do fermento e faz com que o pão não cresce. O sal deve ser adicionado momentos antes de sovar a massa.

3 – Ativar o fermento em água ou leite muito quente ou muito fria
A temperatura da água ou do leite podem matar os fungos do fermento. Temperaturas altas matam os fungos e muito frias não ativam o fermento. É necessário calor moderado para ativar o fermento.

A temperatura deve ser 40 e 42 graus. Se você não tiver um termômetro para medir a temperatura, tente colocar o dedo no líquido e ficar por 5 segundos. Se não conseguir, está muito quente, se conta até 5 facilmente, está frio.

4 – Sovar a massa por pouco tempo

O principal erro é sovar pouco a massa. Sovar dá trabalho e requer de 10 a 15 minutos de “braço” ou investir uma batedeira orbital.

Uma dica é sovar em etapas, sove, deixe crescer, sove novamente até atingir “ponto de véu”, quando se estica massa e ela fica elástica a ponto de ficar transparente. Adicione farinha aos poucos até que a massa descole dos dedos. O mínimo possível para que você trabalhe a massa.

5 – Adicionar a quantidade de fermento errada
Caso o seu pão não esteja crescendo o suficiente, você provavelmente está errando algum ponto da receita. Mais fermento não significa uma massa maior ou mais macida. Vai estragar sua receita e descompensar a quantidade dos outros ingredientes.

Um envelope de fermento biológico seco de 10g é o bastante para 1kg de farinha. Para fermento fresco usa cerca de 40g.

6 – Não deixar a massa descansar
O processo de fazer o pão é natural. A massa deve descansar de 45 minutos até 2 horas no mínimo. Algumas receitas podem levar horas.

7 – Deixar o pão assando até dourar
Siga o tempo e temperatura da receita. Algumas receitas indicam esperar algum tempo ou até que fiquem dourados. Mas isso pode deixar a massa seca e pesada. Respeite o tempo de forno e permita que o pão acabe de assar fora do forno por alguns minutos antes de servir.

Fazer e assar pães requer algumas experiências e um pouco de persistência. Não desista se uma receita não ficar boa de primeira, tente novamente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *